domingo, 14 de outubro de 2018

Travessia chapéu do sol - Retiro Velho

Tipo: Hiking travessia
Local: Serra do Cipo - Porção Noroeste
Pontos visitados: Cachoeira Congonhas e Cachoeira Gavião
Duração: 10 horas
Distância: 14,8 Km
Organização: Trilhas e Trilhas
A Serra do Cipó é uma das mais importantes províncias turísticas do estado de Minas Gerais. Localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, possui uma zona urbana com mais de 5 km de extensão ao longo da Estrada Real. Com inúmeras cachoeiras, uma das floras mais diversificadas do mundo, hotéis e pousadas, e inclusive um Parque Nacional na zona rural, contabiliza um acervo invejável para o lazer, a contemplação, e a prática de atividades ao ar livre. Além disso, reúne condições excepcionais para moradia e a exploração de empreendimentos comerciais.

Iniciamos nossa pernada às 06:00 da manhã na Vilma Alimentos na cidade de Contagem que foi o ponto de encontro dos aventureiros, me encontrei com o guia David juntamente com a equipe do Trilhas e Trilhas e embarcamos na van seguindo na MG-010 em direção a serra do Cipo, paramos na cidade de Lagoa Santa para um café da manhã na padaria as margens da estrada.

Após 110 km de estrada chegamos no restaurante chapéu do sol por volta das 09:00, preparamos nossas mochilas de ataque e logo iniciamos a caminhada na direção sul em uma trilha muito bem marcada de nível moderado e sem nenhum tipo de obstáculo que fosse fora do normal, comecei essa trilha muito animado pois essa foi minha primeira trilha com mochila de ataque e se eu for comparar com o peso de uma cargueira eu não estava levando praticamente nenhum peso nas costas.
























Após 2 horas de uma caminhada e um percurso de 6,5 km que eu considerei muito tranquilo, chegamos a nosso primeiro destino que foi a cachoeira Congonhas do meio.

Congonhas do Meio









As cachoeiras Congonhas possuem 3 quedas e cada queda recebeu um nome por se tratarem de 3 quedas distintas e para ficar fácil a diferenciação (Congonhas de Cima, do Meio e de Baixo) super simples né!


Ficamos cerca de 1 hora na cachoeira Congonhas do meio, aproveitamos bastante o poço de águas cristalinas de nossa primeira parada, após nos refrescarmos no poço nos preparamos para seguir nossa travessia, o próximo destino estava bem a nossa frente, a cachoeira Congonhas de baixo, destino que foi alcançado novamente em uma trilha de nível intermediário e super fácil para caminhar, percorremos pouco mais de 1,5 km para alcançar esse novo e magnifico destino.

E mais uma vez nos jogamos em um incrível poço de águas cristalinas da cachoeira Congonhas de baixo que era nosso segundo destino






Congonhas de Baixo










Apos algumas horas novamente nos preparamos para alcançarmos nosso terceiro e ultimo destino do dia, a cachoeira Gavião

 Seguimos agora em direção Sudeste continuando a penúltima etapa da travessia, agora não posso dizer que a caminhada foi fácil, tivemos que enfrentar uma pirambeira de 170 metros em uma distancia de 1,6 km foi o momento mais intenso da caminhada mas não tivemos nenhuma grande dificuldade para descer esse desnível mas levamos quase 2 horas para chegar ate a cachoeira Gavião 


Vencido a penúltima etapa da trilha chegamos até a cachoeira Gavião que foi a mais linda da pernada, sua beleza e deslumbrante, o fato que levou a Gavião ser a mais linda foi devido a encosta rochosa que esta acima da queda que deu um grande destaque e um requinte especial nesse ultima cachoeira da nossa travessia 







Apos 2 horas de descanso resolvemos vencer nossa inércia e seguir na última etapa da trilha, tínhamos pela frente mais 6 quilômetros de caminhada, saímos da Gavião às 17:30 e seguimos em direção Oeste na parte mais fácil da trilha, eu estava com a alma lavada, muito satisfeito em ter conhecido 3 cachoeiras em um mesmo dia.

A última etapa da trilha foi a que eu considerei mais emocionante por um fato bem inusitado!

O canto das cigarras

Recordei da minha infância quando toda tarde no verão eu tinha o privilégio de ouvir o cantar das cigarras, pena que isso acabou pois o progresso e a grande floresta de concreto juntamente com a poluição invadiram toda a área natural da região onde eu morava o que tornou um local inabitado para esses maravilhosos insetos.

Ouçam o som das cigarras

Chegamos na portaria do Retiro, que e uma portaria secundária do parque nacional da serra do Cipó às 19:50 onde a van já nos aguardava, embarcamos e ali finalizamos nossa caminhada

Seguimos para o tropeiro onde eu comi um macarrão com bolonhesa perfeito, depois de comermos novamente caímos na estrada e seguimos em direção a Belo Horizonte, a viagem foi tranquila  e encostamos na Vilma por volta das 22:30 onde terminei mais um fim de semana incrível de trekking/Hiking

Fica meus singelos agradecimentos ao David e equipe do Trilhas e Trilhas que foram os idealizadores dessa Travessia chapéu do sol - Retiro Velho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário